Prefeito e Promotora entregam Praça da Alimentação, fachada do Clube União, monumento e novos banheiros públicos aos ingaenses

0

NOVAS INSTALAÇÕES

Em solenidade oficial realizada no início da noite desta sexta-feira (26), a população ingaense recebeu pronta a tão almejada Praça da Alimentação, que abriga os comerciantes de alimentos, bebidas e dois pequenos estúdios de gravações, bem como a desobstrução do passeio público do Clube União Cultural Ingaense e os novos  banheiros públicos construídos nas proximidades da praça Antenor Navarro.

(Imagens: Rayssa Anyele)

AUTORIDADES

Em cerimônia simples, o evento contou com a ilustre presença da Dra. Claudia Cabral Cavalcante, representando o Ministério Público, e autoridades do município: Prefeito Manoel da Lenha, Vice-prefeito Carlos Mendonça, Padre Severino Barbalho, vereadores, secretários, os proprietários dos quiosques e o pré candidato a vice-prefeito, Robério Lopes Burity e seu pai, Antonio de Miranda Burity, ex-prefeito, dentre outros, e populares.

inaug p alimentacao inga 3

PROBLEMA RESOLVIDO APÓS 10 ANOS 

Este problema começou quando no final da década de 90 e início dos anos 200, as gestões anteriores foram aos poucos permitindo a instalação de barracas no espaço público, inclusive entregando alvarás, e com o passar do tempo tomou conta de praticamente toda praça e adjacências. O ministério público começou a questionar a liberação destes alvarás e ingressou  na justiça uma ação civil publica apontando as irregularidades e solicitando a desocupação do espaço público. Após 10 anos de trâmite do processo com audiências, diligências, tentativas de acordos, sentenças e diversos recursos, chegou-se a uma solução negociada com a gestão atual.

MÉRITOS AOS ESFORÇOS DA PROMOTORIA E PREFEITURA

O grande mérito atribuído ao prefeito Manoel da Lenha e a Dra. Claudia Cabral Cavalcante, se justifica em razão de que ambos sempre buscaram uma solução em acordo, após várias audiências e reuniões, de forma a amparar adequadamente os comerciantes (barraqueiros), sem no entanto, prejudicar o direito da promovente Mércia Bacalhau, proprietária de imóveis prejudicados pelas barracas da praça, assim como o Clube União Cultural Ingaense totalmente encoberto pelas barracas em sua calçada, que também impedia a acessibilidade.

A BUSCA DO ENTENDIMENTO

Lenha, Dra. Claudia, comerciantes e proprietária, após exaustivo estudo, alcançaram a fórmula ideal possível, de modo negociado e amplamente discutido, resolvendo um problema em definitivo visando o benefício geral ou evitando um mal maior, uma vez que a decisão judicial caminhava claramente para a simples desocupação com retirada dos barraqueiros sem direito a indenizações, tendo em vista a situação ilegal de ocupação do espaço público que levava prejuízo a coletividade.

inga retro 10

PARCERIA PÚBLICO PRIVADA

Portanto, ficou acordado em TAC através de uma parceria público/privada, na qual a prefeitura municipal doaria legalmente  e prepararia um espaço na lateral da praça, com toda infraestrutura básica tais como, adequações da área com retirada das árvores, ligação de água, esgoto, acesso a energia elétrica e reinstalação do Wi Fi (internet), em contrapartida, os próprios comerciantes construiriam seus novos quiosques seguindo uma padronização, sendo vantajoso para estes já que lhes foi doado um valioso espaço nobre totalmente legalizado no centro da cidade, vantajoso também para sociedade de forma geral pela desobstrução dos espaços públicos, e a proprietária pela liberação de sua rua em pleno centro da cidade. O projeto também foi apresentado e devidamente explicado ao Padre Severino, em razão da localização ficar próximo a Igreja Católica, que entendeu perfeitamente a solução encontrada e aprovou.

A CONCEPÇÃO DO PROJETO

Ranyere Mendonca

O projeto foi desenvolvido pelo estagiário em arquitetura e urbanismo, Ranyere Mendonça de Andrade Morais, levando em conta a concepção estabelecida pelas partes envolvidas, cujos critérios teriam que atender a relocação de 10 barracas em um espaço reduzido, com o menor custo possível para os comerciantes, razão pela qual tiveram que ser padronizadas e projetadas oito delas em sequência, ocupando toda a extensão lateral da praça, priorizando o comércio de alimentos e bebidas. E mais duas no lado oposto, destinadas aos estúdios de gravação, localizadas nos fundos dos bares já existentes. Outras opções foram apresentadas, porém os custos ficariam mais elevados, o que inviabilizaria a construção por parte dos barraqueiros.

VISÃO SOCIAL E EMPREENDEDORA

O prefeito Manoel da Lenha poderia ter se acomodado e esperado a justiça ter determinado a simples desocupação, no entanto, tomou a inciativa de propor soluções em conjunto com a promotora, chegando ao modelo de parceria público/privada ora implementado com sucesso. Vale salientar que outros acordos foram feitos no passado e não foram cumpridos pela edilidade. O fato incontestável é que Prefeitura, na atual gestão, e Ministério Público, em entendimento, buscaram soluções plausíveis, concretas, com o objetivo de realmente resolver em definitivo a questão e obtiveram total êxito.

inaugura12795392_576228592552209_8491025195739297893_np alimentacao inga

SONHOS REALIZADOS

Dra. Claudia sempre manifestou seu sonho de devolver à sociedade ingaense aquele espaço público livre, desobstruído, em especial o passeio público do Clube União Cultural Ingaense, sendo que há dez anos luta por isso, e encontrou no prefeito Manoel da Lenha um parceiro corajoso e determinado, mesmo com todas as dificuldades financeiras e momento de crise que enfrenta a prefeitura e o país.

O prefeito também sempre demonstrou sua inquietação com aquela situação e seu desejo de ver as ruas que circundam a praça Antenor Navarro livres para o tráfego de veículos e pedestres, em especial a que liga a frente da Câmara Municipal ao outro lado onde fica a Delegacia de Polícia, além disso, seu sonho também era poder concluir a reorganização do centro da cidade iniciada no começo de sua gestão, contando com a reestruturação das três praças centrais e incluindo o novo monumento abrangendo toda área comercial que já começou a receber novos investimentos privados.

Enfim, sonhos realizados e quem ganhou mais com isso foi o povo em geral e empreendedores, pois conta a partir de agora com um centro da cidade organizado, estruturado, limpo, sinalizado, ou seja, apresentável, recebendo elogios de todos os visitantes e da maioria da população.

ASCOM

Compartilhe esta notícia!.

Comentários estão fechados.