Mais uma importante conquista para Ingá: SANEAMENTO BÁSICO

0

O prefeito Manoel da Lenha e o vice-prefeito Robério Burity ao lado do secretário de administração Pierre Jam, obtiveram outra importante vitória para o município de Ingá que irá beneficiar imensamente a população. A retomada do projeto do saneamento básico da cidade por meio de convênio com o governo federal, que por entraves burocráticos estava suspenso há anos.

Após oito meses de idas e vindas, enfim o prefeito Manoel da Lenha esteve na manhã desta terça-feira-feira (02) na Funasa, onde foi recebido pela superintendente Virgínia Veloso Borges para  assinatura da documentação necessária para publicação, liberação dos recursos e posteriormente realização do certame licitatório para execução das obras.

O projeto prevê a construção de uma lagoa de decantação no bairro da Senzala para tratamento do esgoto que virá canalizado dos demais bairros, liberando para o rio o líquido já tratado. Embora o valor da verba do projeto original tenha sido diminuído, será possível sanear boa parte da cidade. O investimento total será na ordem de cinco milhões e seiscentos mil reais, que serão liberados por etapa.

“Estou muito feliz em ver que agora realmente iremos entrar na fase de execução desse projeto que lutamos há anos para implementar no Ingá. O saneamento básico é mais um importante legado que nossa gestão irá deixar para o município. Essa conquista é de todos nós ingaenses e divido com todos essa alegria” – Comemorou Lenha.

“A união de nossos esforços possibilitou alcançarmos mais esta importante vitória para a população que será beneficiada, sobretudo a mais carente. Todos nós ingaenses estamos de parabéns, outras conquistas poderão vir com nosso trabalho e empenho” – Afirmou o vice-prefeito Robério Burity.

Segundo os especialistas, a cada 1 real investido em saneamento básico, 4 reais são economizados no sistema de saúde. Sem dúvida a execução deste projeto é uma grande conquista desta gestão para os ingaenses.

Ascom

 

 

Compartilhe esta notícia!.

Comentários estão fechados.

Acessibilidade