Prefeito Manoel da Lenha, Bolg do Vavá da Luz e Rei Lira recebem medalha Olavo Bilac em homenagem do exército brasileiro

0

 

solenidade aconteceu no dia 15 de dezembro no auditório no INSS em Campina Grande. Além de Vavá, foram homenageados o prefeito de Ingá, Manoel da Lenha, como presidente da Junta de Serviço Militar e Rey  Lira como Secretario da Junta Militar.O poeta Vavá da Luz, da Academia de Cordel do Vale do Paraíba, recebeu a Medalha Olavo Bilac, da Academia de Estudos de Assuntos Históricos e cadastrada pelo Exército Brasileiro. A medalha Olavo Bilac é concedida a autoridades e instituições que se destacaram pelo trabalho na difusão da história brasileira, seus heróis e seus feitos. A homenagem relaciona-se com a atuação de Vavá da Luz na mídia eletrônica, através do seu portal, que colabora com os trabalhos da Junta Militar em Ingá do Bacamarte. “Antes de tudo, vai aqui meu agradecimento ao Secretario da Junta Militar, Rey Lira, que de forma gentil apontou o nosso humilde meio de comunicação como colaborador, o que me deixou muito feliz e emocionado em receber a medalha Olavo Bilac”, disse Walter Goes, o Vavá da Luz.

Olavo Brás Martins dos Guimarães Bilac (Rio de Janeiro, 16 de dezembro de 1865 — 28 de dezembro de 1918) foi um jornalista, contista, cronista e poeta brasileiro do período literário parnasiano, membro fundador da Academia Brasileira de Letras. Criou a cadeira 15 da instituição, cujo patrono é Gonçalves Dias.

Conhecido por sua atenção à literatura infantil e, principalmente, pela participação cívica, Bilac era um ativo republicano e nacionalista, também defensor do serviço militar obrigatório em um período em que o exército usufruía de amplas faculdades políticas em virtude do golpe militar de 1889. O poeta foi o responsável pela criação da letra do Hino à Bandeira.


Ascom com conteúdo de Fábio Mozart e imagens da TV Agora Paraíba olavo6olavo9olavo8

Compartilhe esta notícia!.

Autor

Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Ingá/PB

Comentários estão fechados.

Acessibilidade