Ingá conquista um feito histórico: ROYALTIES DA ANP

0

Foi uma batalha judicial cercada de tensão e expectativa travada pela Prefeitura de Ingá para ter direto aos royalties da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), em razão de que o gaseoduto corta o município e possui válvula distribuidora do derivado do petróleo à empresa instalada em seu território. Ingá passa ao seleto grupo de municípios paraibanos que recebem recursos mensais classificados como royalties, os quais poderão ser investidos em energia, pavimentação de rodovias, abastecimento e tratamento de água, irrigação, proteção ao meio ambiente e em saneamento básico, segundo lei que os rege. 

UMA CONQUISTA HISTÓRICA PARA AS FUTURAS GERAÇÕES 

Essa conquista é sem sombra de dúvida um feito histórico para o município de Ingá, para gestão atual e para as futuras gestões e gerações. Dois grandes personagens deverão ser lembrados para sempre diante desta importante vitória para o município:  O prefeito Manoel da Lenha, Pierre Jam, secretário de administração, que atentaram para a possibilidade dos recursos, enfrentaram os empecilhos burocráticos, os entraves políticos e partiram para a batalha judicial munidos de documentos, relatórios, pareceres e demais comprovações até à vitória em liminar Justiça Federal em Brasília, que deverá ser confirmada em definitivo.

ÂNIMO RENOVADO

“Se eu mudei a cara de Ingá usando apenas os poucos recursos próprios, mudarei muito mais com a chegada destes recursos extras. Estou muito feliz em poder deixar esse legado para esta e as futuras gerações. Agradeço a Deus e que Ele continue nos abençoando” – Comemorou o prefeito Manoel da Lenha.

ABATER DÍVIDA PÚBLICA MUNICIPAL

O prefeito Manoel da Lenha informou ainda que embora a lei restrinja a aplicações destes recursos em áreas específicas, irá proporcionar uma certa folga em outras áreas, e com isso ele pretende honrar pagamentos atrasados de fornecedores e dívidas financeiras da prefeitura com órgãos do governo federal de sua gestão e de gestões anteriores que ainda chegam até hoje. 

Os recursos depositados na conta específica da prefeitura de Ingá superam um milhão e trezentos mil reais, referentes a valores retroativos. Os valores mensais deverão ser um terço deste valor que foi depositado em dezembro, porém é preciso ter cuidado com o desperdício, competência e discernimento para gerir estes recursos da melhor maneira possível em benefício da população ingaense.

Ascom 

Compartilhe esta notícia!.

Comentários estão fechados.

Acessibilidade