Ações desenvolvidas pela prefeitura faz despencar casos de doenças relativas ao Aedes Aegipty

0

Depois de enfrentar uma verdadeira epidemia que afastou centenas de pessoas do trabalho e das escolas, embora ainda não tenhamos números oficiais, no entanto, visivelmente se constata uma diminuição bastante acentuada nos casos de dengue, zika e chikungunya, doenças transmitidas pela picada do mosquito Aedes Aegypti.

A prefeitura tomou medidas preventivas que envolveram as secretarias de Saúde, Infraestrutura e Educação para enfrentar o problema. Além da mobilização da sociedade promovida por entidades como o Ministério Público, Escolas e Fábrica Alpargatas, a prefeitura realizou limpeza completa das valas, enviou à câmara projeto de lei dispondo sobre acesso aos imóveis fechados na busca dos criadouros pelos Agentes Comunitários de Saúde e Agente de Endemias, utilizou carro fumacê, e mais recentemente o secretário Biu Tió solicitou ao prefeito Manoel da Lenha a aquisição de bombas costais, que pulverizam locais onde o carro fumacê não chega.

Este conjunto de ações ajudaram a diminuir os números de casos e sair do nível considerado de epidemia. Porém, não é hora de baixar a guarda. É preciso seguir e até intensificar os cuidados e atividades diárias de prevenção. Sem a participação e colaboração da sociedade não será possível erradicar de vez o Aedes Aegypti. É preciso vigilância constante de todos.

ASCOM

Compartilhe esta notícia!.

Autor

Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Ingá/PB

Comentários estão fechados.

Acessibilidade